Keblinger

Keblinger

“O Princípio do Basta”

25 março 2010
Muitos profissionais e até mesmo negócios adotam como filosofia de atuação, o que vou chamar de: 

PRINCÍPIO DO BASTA", consiste em:

“Fazer aquilo que sempre fez no passado.”

Exemplificando:
Basta; ter um determinado número de Clientes por mês que a empresa se manterá.

Basta; continuar com o mesmo tipo de atendimento que os Clientes continuarão a vir, sem questionar.

Basta; tratar os clientes, funcionários, colegas do mesmo jeito que foi feito até hoje e não haverá problemas. Se eles se afastarem, será mais fácil dizer: “Sempre os tratei do mesmo jeito, eles é que são ingratos.”

Basta; apelar para uma redução no preço e conseguiremos convencer Clientes quando eles começarem a desistir de comprar conosco.

Basta; copiar algumas coisas que os outros estão fazendo para manter o negócio ou emprego funcionando.

Basta; conseguir manter o negócio ou o emprego até o próximo ano; ano que vem vai ser melhor. (normalmente é dito já no mês de janeiro).

Basta; aplicar a minha experiência de 20 anos no assunto que não teremos dificuldades. (experiência de 20 anos pode significar, 1 ano de experiência repetida mais 19 vezes).

Normalmente “O Princípio do Basta” é utilizado por aqueles que não querem mudar nada, seja por medo, por preguiça, por orgulho, por vaidade ou por arrogância. O problema de usar este princípio como filosofia de atuação profissional é a ausência de crescimento, e quem não cresce ao longo da vida. Morre. Lei da Natureza, não minha.

Hoje, no final da primeira década do século XXI, para conquistar o reconhecimento Profissional ou no Negócio é necessário adotar um novo princípio de atuação, “O Princípio do Crescimento”. Significa atuar com:

Visão - Não ficar olhando as coisas boas que foram feitas no passado, mas construir o seu futuro, sem ficar esperando ele chagar para agir.

Missão - Definir uma missão pessoal é ter claro qual a marca você quer deixar no mundo, é saber o quer e onde chegar. Não basta apenas existir no mundo, é importante saber qual a contribuição você vai dar para ele.

Aprendizado - Reconhecer que não é possível saber e entender tudo, ser humilde e procurar assessoria. Lembre-se que você não pode fazer todas as coisas.

Criatividade - Procurar conhecimento em várias fontes diferentes, dentro ou fora da sua área. Seja mais ousado naquilo que faz, vencendo o medo de inovar.

Minimax - Aproveitar os Mínimos recursos que tem para gerar o Máximo de resultado. Antigamente muitos recursos eram desperdiçados ou deixados para trás. Hoje é preciso aproveitar tudo. Veja por exemplo a cultura ecológica que explodiu no mundo, tudo deve ser aproveitado.

Pessoas - Saber o que as pessoas querem, entender suas diferenças, e respeitar seus direitos é hoje fundamental para o crescimento profissional. Nada pode ser feito se não for através das pessoas, trate cada um como um ser único.

Planejamento - Não se planejar é como um piloto de avião que sai para uma viagem sem a rota que vai fazer. Ele pode chegar a um lugar totalmente diferente daquele que desejava, ou o avião pode espatifar-se numa montanha.

Marketing - O marketing é a ferramenta de trabalho de qualquer pessoa que queira adotar o "Princípio do Crescimento", sem saber se vender nada será alcançado.

Estratégia - Sem estratégia não há caminhos, isto significa dizer que você pode até estar andando depressa, mas outros já estão correndo. Ou você tem os caminhos claros de como atingir sua missão ou fica para trás.

O comercial da Becel (abaixo), mostra como o “Princípio do Basta” funciona, e como é impossível chegar ao topo se não houver mudança de atitude.


0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine