Keblinger

Keblinger

Qual sua Estratégia?

05 março 2010
Devemos ter sempre uma estratégia para atingir os resultados que pretendemos no campo profissional, nos negócios e na vida pessoal.

Mesmo que você diga que não tem nenhuma estratégia você já tem uma “não escolher os caminhos deixando os outras escolherem por você”.

O que é Estratégia:

ESTRATÉGIA É O DESENHO ANTECIPADO DAS AÇÕES E CAMINHOS QUE VOCÊ ESCOLHE PARA ATINGIR OS RESULTADOS QUE PRETENDE.


Estes caminhos podem ser os mais variados, porém podemos agrupa-los em três grandes blocos, a Estratégia do:

Seguidor
Nesta estratégia você escolhe o caminho de fazer o que todo mundo faz, você segue a corrente do mercado, copia o que as empresas ou profissionais do topo fazem. Se alguém faz uma propaganda de um jeito, você faz igual, se a maioria age de uma determinada maneira você age igual, se o mercado baixa os preços pelos serviços, você baixa também. É a estratégia da Baré Cola que cópia a Coca Cola. Como conseqüência desta estratégia você sempre vai ficar no pelotão do fim, esperando qual a próxima tacada da empresa top ou a tendência de atuação dos profissionais mais conhecidos; talvez por esse motivo revistas como Venda Mais, Exame, Seu Sucesso e afins fazem tanto sucesso, elas mostram o que os tops estão fazendo. O problema desta estratégia é que você não inova, nem se diferencia em nada, não tem por isso muito gasto, investimento pessoal e empenho em aprender, está sempre correndo atrás, inclusive dos ganhos e lucros.

Pioneiro
É a estratégia onde você ou sua empresa estão continuamente oferecendo novas coisas que o mercado tem necessidade. Você pesquisa os desejos do mercado e procura formatar algo que atenda estes desejos. Seus investimentos em pesquisa e conhecimento são mais altos, pois você precisa alinhar seus produtos e serviços com o mercado. Um exemplo foi o Mappin, pioneiro dos grandes magazines nos moldes atuais, isso bem lá atrás, o Mappin sacou que o mercado precisava de uma loja com vários departamentos e política diferente de atendimento. Seguir a direção da estratégia pioneira pode gerar ganhos altos, só que não é possível ser o pioneiro para sempre, outros irão entrar no mercado. O pioneirismo não garante nada, como aconteceu com o Mappin e com muitas outras empresas; mais recentemente a Casas Bahia.

Revolucionário
É a Estratégia onde o profissional ou empresa subverte a tradição e o mercado, oferecendo algo inovador e diferenciado; uma nova forma de fazer o que se fazia antes, com vantagens muito melhores e impossíveis de serem obtidas pela concorrência. É criar no Mercado algo que não existia antes, algo que nem os Clientes sabiam que necessitavam. É revolucionar os conceitos de como as coisas são feitas criando um mercado virgem. Exige investimento, empenho e muito trabalho, más vale para ser o único. É o caso do Cirque du Soleil que revolucionou a arte circense criando um novo modelo de espetáculo, quantos concorrentes ele tem, nenhum. Ser o revolucionário não depende de grana, más de ousadia e criatividade, está nas mãos de qualquer profissional ou empresa.

Como coloquei no início, Estratégia é:

“O desenho antecipado das ações e caminhos que você escolhe para atingir os resultados que pretende”, nada melhor do que demonstrar este conceito com um exemplo. Veja o vídeo.


0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine