Keblinger

Keblinger

Poder do Toque.

12 abril 2010
Uma área do Marketing que tem crescido muito nos últimos tempos é o Neuromarketing, uma definição que me agrada é:

“Neuromarketing é uma ciência que estuda neurologicamente o estado cerebral de uma pessoa, quando exposta a mensagens relacionadas com experiências de compra, tornando possível a identificação das zonas do cérebro estimuladas.”

Assim, o Neuromarketing procura estudar dentre outras

Neste post quero colocar especificamente o toque como influenciador na compra.

Várias pesquisas indicam que o contato físico influência a decisão de compra. Se você pegar aquele pacote de salgadinho no supermercado só para saber a data de validade, é bem possível que acabe colocando o produto no carrinho, esquecendo até que está de regime.

Este mesmo raciocínio se aplica para a maioria das coisas postas à venda, se você manusear e até experimentar o produto, a probabilidade de comprá-lo aumenta significativamente. É o toque estimulando seu cérebro a satisfazer algum tipo de desejo interior.

Você pode usar estes mesmos estímulos para influenciar as escolhas ou decisões feitas por outras pessoas. Por exemplo: Nas livrarias e grandes revistarias os produtos podem ser tocados, lidos e manuseados como forma de aumentar os estímulos de compra.

Os supermercados são os que mais utilizam de estímulos do toque pra vender, lá você pode tocar em tudo. O varejão de Hortifrutigranjeiro vende mais as frutas já empacotadas ou aquelas que estão no monte onde você pode tocar e manusear? A segunda é claro.

Outro exemplo é a exposição de automóveis em uma loja, o ideal é que eles estejam com todas as portas abertas facilitando o cliente tocar nos bancos, painel, etc. No caso de automóveis, o melhor uso de estímulos para gerar decisões de compra é o teste drive, nele o cliente sente o veículo, experimenta, toca no acelerador, alavanca de marcha, rádio, etc.

O estímulo do toque como gerador de decisões no cérebro funciona também quando, por exemplo: você vai apresentar um relatório para outra pessoal, se quer aumentar as possibilidades do outro comprar sua idéia, deixe-o tocar, folhar e manusear o relatório.

Digamos que você e sua esposa estão decidindo qual cor pintar a casa; você quer uma cor e ela outra, os dois entram na loja de tintas e param em frente à seção de tintas, com um monte de latas das mais variadas cores, em vez de falar sobre a cor que você quer, faça sua esposa segurar a amostra da cor que você deseja e já terá meio caminho andado para convencê-la.

O Neuromarketing trata dos vários estímulos que influenciam a compra pelo cliente, coloquei aqui apenas alguns aspectos sobre o toque. Um bom exemplo sobre as sensações provocadas pelo toque é este comercial da Nissan Máxima.


Vezi mai multe video din Reclame
coisas, como os odores, sabores, cores, disposição dos produtos, experimentação, etc influenciam a tomada de decisão da compra pelo cliente.

0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine