Keblinger

Keblinger

Rasgando Dinheiro.

22 dezembro 2010

Existe uma sabedoria popular que diz:

Louco é quem rasga dinheiro e c..... Bom, acho que não vale à pena comentar a segunda parte. 

Independente se você é aquela pessoa que busca o sucesso profissional em uma empresa, ou busca construir uma empresa de sucesso; ser louco e rasgar dinheiro, não precisa ser tão literal como afirma o ditado popular.



Você pode RASGAR DINHEIRO quando…

> Paga uma faculdade ou pós-graduação e falta às aulas para tomar cerveja como os amigos.

> Faz a inscrição em uma palestra, curso ou seminário e não assiste até o fim, dizendo que já sabe o que o palestrante vai apresentar.

> Contrata estagiário ou pessoa sem vivência, em vez de um profissional qualificado. È mais barato.

> Em toda negociação tenta arrancar até o último centavo da outra parte, sem se preocupar com a continuidade do relacionamento comercial.

> Paga um trocado pra um adolescente (filho de um amigo) “fazer o site da empresa” porque o amigo disse que o filho é bom.

> Fecha uma parceria ou contrata uma pessoa só porque ele é seu amigo.

> Compra um novo computador e suspende toda ação de marketing durante alguns meses para bancar o investimento.

> Abre um negócio só porque acredita que sabe tudo sobre o produto, mas não entende nada de gestão.

> Utiliza o caixa da empresa para pagar coisas pessoais, como se a empresa e as necessidades pessoais fossem a mesma coisa.

> Toma decisões na empresa com base em gosto ou desejo pessoal. Não pesquisa o mercado.

> Acredita que a experiência que tem é a melhor e a única verdadeira. Toma decisões com base nela.

> Assume que os clientes pensam da mesma maneira que você.

> Faz uma ação de marketing e tenta colocar todas as informações possíveis nela, acreditando que, já que está pagando deve colocar tudo no anúncio.

> Tem um controle apenas superficial dos gastos e resultados da empresa.

> É uma pessoa muito gastadora, principalmente no plano pessoal.

> É uma pessoa muito pão-duro, principalmente nos investimentos da empresa.

> Acredita que porque é dono da empresa, ela está lá apenas para servi-lo.

> Não utiliza as ferramentas disponíveis (“di grátis”) pelas novas tecnologias, por puro preconceito ou ignorância.

> Não sabe calcular a real lucratividade das vendas e da empresa, acredita que sabe, mas não sabe.

> Não investe em conhecer melhor o negócio (cursos, palestras, livros, etc)  acredita que já sabe tudo.

> Nunca pede ajuda quando as coisas não estão indo bem, é orgulhoso e vaidoso.

> Não participa de grupos de estudo, associações de classe, grupos de pesquisa, etc acredita ser besteira e perda de tempo.

> Acredita que o mundo de ontem, será igual ao mundo de hoje e igual ao mundo de amanhã.

> Não planeja o negócio para os próximos 1, 3 e 5 anos. Vive só para fechar o mês corrente.

> Não gasta em treinamento do pessoal, acredita que as pessoas já nascem prontas.

> Não contribui com nada (informação, dados, opiniões, posição) acredita que tem que guardar tudo a sete chaves. Só quer receber, nunca dar nada.

Creio que ainda existem muitas outras formas de rasgar dinheiro, caso você saiba mais uma, deixe sua opinião no espaço para comentários abaixo, será muito bem vinda. 

Vídeo introdução “The Apprentice”, afinal somos todos aprendizes. Música "For the Love of Money “ - O’Jays 1973.

0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine