Keblinger

Keblinger

Sobre a arrogância.

02 fevereiro 2011
Nos contatos que tenho por aí, sempre encontro empreendedores, diretores e gerentes com uma dose elevada de arrogância; arrogância neste caso é aquele ar de:

 “estou neste negócio a 20 ou 30 anos e sei tudo sobre ele, portanto não me venha com coisas novas.”

É bom não confundir arrogância com autoconfiança, o arrogante é cego para tudo que está a sua volta, o autoconfiante não.

Acredito que este tipo de atitude, faz estas pessoas não saírem do lugar em seus empreendimentos; elas vivem falando que o mercado precisa mudar, que as políticas do governo para o setor devem mudar, que os concorrentes não podem agir como agem e até que, os clientes precisam entender melhor o seu negócio, mas são incapazes de mudar o que estão fazendo.

Esta presunção que sabem tudo é que os impedem de crescer e obter maiores resultados em seus negócios, e, provavelmente os levará a estagnação a médio e longo prazo, além de ser também um indicativo de medo, vaidade e incompetência.

O mundo muda a uma velocidade incrível, o hoje é diferente de 1, 5, 10 ou 20 anos atrás, todos os dias um monte de ferramentas, idéias, procedimentos informação é despejado sobre todos, informações em uma quantidade que não podemos assimilar, ficar repetindo o que deu certo a 5 ou 10 anos é um convite ao fracasso.

Uma coisa que observo nestas pessoas é: 

"Quanto maior foi seu sucesso no passado, mais são arrogantes no presente.” 

Um exemplo interessante é o diálogo verídico que foi travado em outubro de 1995 entre um navio da Marinha Norte Americana e as autoridades costeiras da Irlanda. (vídeo simulando o evento).




A arrogância deixa a pessoa cega, que o diga o Dunga, Maradona, Collor, Faustão, Jô Soares e outros mais.

Quantas vezes criticamos a ação dos outros, quantas vezes exigimos mudanças dos outros, e ficamos cegos para a pessoa que está oferecendo uma solução a nossa frente. Ser arrogante no mundo dos negócios é ficar batendo cabeça para fechar o mês, saldar as contas e não dormir a noite.

Seja confiante, não arrogante.

0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine