Keblinger

Keblinger

Tome a iniciativa.

13 julho 2011
Natalie Gilbert, 13 anos, ganhou um prêmio e foi cantar o hino dos EUA, no jogo da NBA. 

Vinte mil pessoas presentes no estádio. 

Aí o braço tremeu, ela engasgou, esqueceu a letra, deu branco. 

Treze anos e sozinha no meio da quadra.


O publico começa a vaiar. De repente, Mo Cheeks, técnico dos Portland Trail Blazers, aparece ao seu lado e começa a cantar junto.

O mais incrível, das 20 mil pessoas presentes, só o técnico tomou a iniciativa de ir para ajudar, enquanto todos os demais observavam a cena parados.

A iniciativa pode fazer a diferença para mudar um momento da história. Esse é um líder, ele não manda; acompanha, encaminha, orienta, incentiva, ajuda.

Será que isso já não aconteceu alguma vez na sua vida?

E qual foi à ação? A iniciativa como do técnico Mo Cheeks ou a reclamação como o resto da platéia?

Tome a iniciativa de mudar você, seu negócio, sua carreia e por que não o mundo, deixe para os outros as vaias.


0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine