Keblinger

Keblinger

Seu cartão de visita fala sobre você.

26 agosto 2011
Muita gente não considera o cartão de visita como parte do marketing da empresa; canso de ver pessoas preocupadas em fazer uma propaganda na TV e esquecendo-se do básico, como um bom cartão de visita pode ajudar muito, vou mais além, cansei de conversar com pessoas que nem se quer entregaram seu cartão de vista, principalmente vendedores.


Para que serve um cartão de visita? Serve para:
  • Convidar a outra pessoa a manter contato com você.
  • Marcar sua presença no contato.
  • Ajudar a outra pessoa a lembrar de você.
  • Propagar uma informação sobre você.
  • Informar como a outra pessoa pode entrar em contato com você.
  • Mostrar que você é diferente.
  • Definir o que você faz e como pode ajudar a outra pessoa.
  • Criar network.
  • Como parte do fortalecimento da sua imagem ou da empresa.
Um bom cartão de visita, além de todas as funções acima, ajuda a destacá-lo dos demais, dá credibilidade a você e ao seu negócio e reflete sua marca pessoal.

Cuidados para fazer e utilizar seu cartão de visita.

Imprima na gráfica. Não adianta economizar pedindo para aquele sobrinho de 15 anos fazer seu cartão, contrate um bom profissional de designer gráfico e uma boa gráfica, afinal é sua imagem que está em jogo.

Conteúdo do cartão. Cuidado para não poluir o cartão com excesso de informação, como: tipo de trabalho, foto da empresa, slogans enormes, cores que não combinam, fontes e letras diferentes, etc. Cartão de visita não pode ser um descritivo da sua empresa ou de você. Coloque sua logo marca, o que você faz, no máximo uma ou duas palavras ou um slogan de 3 a 4 palavras, coloque seu nome em destaque, sua função e os meios do outro entrar em contato com você. Lembre-se que quando falamos em cartão de visita, mais é menos.

Entregando um cartão. Não espere a pessoa entregar o dela, tome a iniciativa primeira. De preferência, faça a troca de cartões antes de começar a reunião, assim você já faz propaganda de seu nome, evitando o velho e chato “qual seu nome mesmo?”

Recebendo um cartão: A hora de receber um cartão também é muito importante. Ao recebê-lo, leia-o em frente à pessoa que lhe deu. Isso demonstra seu interesse pelo novo contato. Sempre que possível, elogie o cartão. Guarde numa carteira, e não no bolso.

Trate seu cartão com carinho. Tenha sempre alguns exemplares em seu bolso, dentro de uma caixa rígida para evitar estragos. Deixe alguns reservas no seu carro. Nunca entregue um cartão amassado e nem dobre a ponta do cartão ao entregá-lo.

Seja diferente, impressione. È sempre interessante criar um cartão diferente e que impressione a outra pessoa. Por exemplo: Você pode fazer seu cartão em matérias diferentes, incluir o texto em Braille, criar designer e formatos diferentes, as possibilidades são infinitas. Use a criatividade, mas sempre com classe, ou mantenha-se no padrão básico de cartão. Trocar o designer do cartão pelo menos uma vez a cada seis meses é também um modo de mostrar um diferencial.

Geralmente os cartões de visita são chatos, antiquados e pouco atraentes. Quando um cartão realmente diferente aparece, rapidamente se destaca, marcando de forma eficiente sua empresa, gerando, no mínimo uma boa primeira impressão. 

Alguns exemplos de cartões que achei interessante:

 
básico, simples, objetivo, clean.
advogado especializado em divórcio.
loja de carro - raspadinha
dentista
loja Tok & Stock - móveis.
personal trainer
cabeleireiro.
paisagismo - vem com sementes.
loja de decoração.
dupla função.
empresa de carga aérea.
criativo.
criativo.
academia de pilates.
meu cartão.

0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine