Keblinger

Keblinger

Sobre VENDER & PAQUERAR.

06 setembro 2011
Paquerar, flertar, azarar, xavecar não importa o nome, o objetivo é começar um relacionamento com outra pessoa com a intenção de conquistá-la.

Vender para um cliente também tem os mesmos objetivos, iniciar um relacionamento e conquistá-lo para que ele compre com você.

Se as duas coisas têm os mesmos objetivos, podemos dizer que um paquerador(a) de sucesso também é um vendedor(a) de sucesso, e um 

vendedor(a) que conquista um cliente para comprar com ele(a), também é um bom paquerador(a).

Seguem algumas dicas para melhorar as habilidades tanto para Paquerar como para Vender melhor.

São dicas 2 em 1 ajudam a melhora o relacionamento com os clientes, independente do segmento, porte, produto ou região, além de contribuírem para você ser um(a) paquerador(a) mais eficaz.
  • Faça o cliente/paquera sentir-se especial. Quem não gosta de ser bem tratado de forma diferenciada e sentir que o vendedor/paquerador está de bem com a vida, feliz e desejando lhe oferecer o seu melhor? A meta central desta dica é transformar o trivial em algo extraordinário; faça algo diferente por seu cliente/paquera. Tenha sempre a palavra “especial” na cabeça e em cada interação com um cliente/paquera; veja como colocar em prática algo verdadeiramente especial. Muitas vezes, coisas simples como comentários, dicas, promessas de solução desde que cumpridas, já são consideradas especiais.
  • Uma primeira impressão positiva. Certifique-se de que o primeiro contato com o cliente/paquera seja inesquecível. Quando o início é ruim o risco do outro decepcionar-se, retirar-se e não dar mais bola para você é grande. Coloque o foco nos primeiros 30 segundos da abordagem/apresentação. Vários estudos demonstram que estes segundos iniciais irão determinar a imagem que seu cliente/paquera vai ter sobre você.
  • Manter a conversa fluindo é importante. Mantenha sempre que possível, uma conversa informal e constante com o seu cliente/paquera. Converse assuntos fora da rotina e do esperado, seu é um cliente não vá direto ao que você está vendendo, se for uma paquera fuga do início básico, o que você faz, onde mora, etc. Conversar coisas informais faz o relacionamento ficar mais caloroso. Crie oportunidades para bater papo com o cliente/paquera, mas use o bom senso e não fique só falando generalidades genéricas.
  • Personalize seu contato. Acrescente o seu toque pessoal a cada interação com o cliente/paquera, sua marca, aquilo que só você tem. Quando você acrescenta um toque pessoal e singular a uma relação que está se iniciando é provável que o cliente/paquera nunca mais vai esquecer você. Mostre que você é único, diferente de todas as outras pessoas com quem seu cliente/paquera já manteve algum contato.
  • Demonstre que você se importa. Demonstrações de atenção e cuidado estão na base de todas as relações com o cliente/paquera. Deixe claro que eles são a sua prioridade. Nada afasta mais as pessoas do que a negligência. Coisas simples como: providenciar comodidade e bem estar oferecendo um lugar confortável, cumprir o que promete; retornar e/ou ligar conforme combinado, não apressar ou pressionar o cliente/paquera a decidir, garantir que você não tem segundas intenções ou cartas escondidas, etc já são boas maneiras de mostrar que se importa.
  • Faça coisas para agradar o cliente/paquera. Existem inúmeras formas de agradar o cliente/paquera. Escolha sempre a mais positiva e individualize o agrado para cada interlocutor. Lembre-se também que se não for esperado, merecido Agradar a outra pessoa é invariavelmente o resultado das atitudes e dos comportamentos que você tem em relação a ela. Tenha com determinados comportamentos negativos que podem acabar com as possibilidades de vender para ou conquistar a outra pessoa, como: responder de forma automática e óbvia, não reconhecer o cliente/paquera em uma segundo contato, manter os olhos baixos e evitar olhar atentamente, ignorar a presença da pessoa, dar mais atenção ao telefone que toca do que quem está na sua frente, deixar a pessoa sozinha para conversar com outra, etc.
  • A curiosidade deve ser sua melhor estratégia. Ser curioso é um estado de espírito, permite abrir caminho para aprender mais sobre seu cliente/paquera e deixa você em vantagem. Só que para isso acontecer, em primeiro lugar é preciso se interessar pela pessoa. Seja curioso sobre as coisas que você desconhece e não entende. A curiosidade é a essência do sucesso. Tudo se resume a descobrir um modo melhor de fazer as coisas.
  • Crie ótimas lembranças. Relacionamentos bem-sucedidos se baseiam em lembranças positivas e poderosas. Coloque como meta que cada cliente/paquera guarde uma boa lembrança sobre você independente se o cliente comprou algo ou se você conseguiu a conquista. Para ajudar faça uma relação das coisas que você e pode fazer para criar lembranças positivas.
  • Seja criativo, inovador e ousado. Não seja mais um rosto na multidão, fazendo a mesma abordagem que todos fazem, seja interessante. Enquanto você for mais um na multidão, suas chances de ser escolhido por um cliente/paquera são pequenas. No entanto, se você se diferenciar por oferecer uma série de pequenas coisas inesperadamente boas e se comportar de modo agradável, a possibilidade de ser escolhido será muito maior.
  • Observe o cliente/paquera e identifique suas necessidades. Entenda o que está acontecendo ao seu redor e saiba à hora mais adequada de dar a sua contribuição, opinião e proposta. Em vez de esperar passivamente que o cliente/paquera solicite alguma coisa, a observação nos possibilita uma postura mais proativa.
Teste as dicas para conquistar um cliente ou paquerar, dê seu feedback.




0 comentários:

 

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O FOGO.

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - A RODA.

CONVERSAR ON-LINE

RESISTÊNCIA A MUDANÇAS - O 1º PASSO É SEU.

RECEBA BOX H NO SEU E-MAIL.

Copyright 2008-2012 © HOME I Homero Fischer All Rights Reserved • Design by Dzignine